Uns minutos com Belvedere

Tenho sido feliz procurando crescer dentro do que me propus.

Textos

UM SORRISO

Sucede que não posso viver em paz
porque vivo e convivo com crianças
que, eu sei, dormem com fome.
Thiago de Mello - Mormaço na floresta
  

Lembro da menina
e do seu sorriso,
tristemente atado.
  

Terá algum dia,
sentido o prazer
dos risos incontidos?


Panelas vazias,
doenças grassando,
e os olhos dela
em interrogação.

Por que sorriria,
vivendo uma vida
tão sem amanhã?

  
Ave-Maria,Pai-Nosso,
  Salve-Rainha...
Desatem o seu sorriso!



belvedere
Enviado por belvedere em 10/10/2005
Alterado em 20/10/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Belvedere Bruno). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras